9 de ago de 2010

Sobre as muralhas do mar


Sobre as muralhas do mar
conversaremos.


Sobre as muralhas do mar, entre areias,
espumas, colunas,
o que passa e o que perdura.
Conversaremos.
Conversaremos de um tempo
que imaginamos.
Que não houve: azuis e verdes
caminhos, destinos, glorias.


Conversaremos.


Os muros do mar são altos.
E esquecemos.
E as perguntas ficam intactas,
não mudadas em respostas.


Como é o som das palavras sobre as ondas?
E um riso de asas, de brisas
de uma alegria selvagem escutaremos.
No longínquo mar das almas.


Não conversaremos

Los Angeles, 1959



Cecília Meireles
In: Poesia Completa
Viagem (1939)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito grata por seu comentário, ele é muito importante para nós!

Seja bem-vindo. Hoje é