25 de abr de 2009

Canção



Ouvi cantar de tristeza,
porém não me comoveu.
Para o que todos deploram,
que coragem Deus me deu.

Ouvi cantar de alegria.
No meu caminho, parei.
Meu coração fez-se noite.
fechei os olhos. Chorei.

Dizem que cantam amores.
Não quero ouvir mais cantar.
Quero silêncios de estrelas,
voz sem promessas do mar.


Cecília Meireles
in: Mar absoluto e outros poemas-1945-

Um comentário:

  1. Estou imensamente feliz por ter de volta esse Poema,(Canção.)
    Sou admiradora desde a infância da Cecília Meireles. E,agora, quero montar uma coletânea da nossa grande poetisa.
    Com grande entusiasmo,

    Silvia Flocy

    ResponderExcluir

Muito grata por seu comentário, ele é muito importante para nós!

Seja bem-vindo. Hoje é