26 de jul de 2010

'Infelizmente, falharam as fotografias'


Infelizmente, falharam as fotografias,
e, assim, não me poderás ver diante do asceta
de roupa vermelha, à sombra do arco.


E assim não poderá ler na sua face:
“Que dizer, para que se entendesse...?


Nem poderás ler na minha:
“Tudo entendido. Não se precisa dizer nada.”


Mas as fotografias falharam.
E aquele momento já fugiu para trás, no caminho do tempo.
Aquelas duas sombras foram ficando cada vez mais longe.
A compreensão, que perdura, é sem retrato.



Cecília Meireles
In: Poesia Completa
Viagem (1939)

Um comentário:

  1. Lindo, lindo! Parabéns pela valorização desta personalidade brasileira. Mas parece-me pouco valorizada.
    Emociona-me ter em mãos seu primeiro livro "Nunca Mais..." editado em 1919!

    ResponderExcluir

Muito grata por seu comentário, ele é muito importante para nós!

Seja bem-vindo. Hoje é