20 de mai de 2011

Canção


Se não chover nem ventar,
se a lua e o sol forem limpos
e houver festa pelo mar
- ir-te-ei visitar.


Se o chão se cobrir de flor,
e o endereço estiver claro,
e o mundo livre de dor
- ir-te-ei ver, amor.


Se o tempo não tiver fim,
se a terra e o céu se encontrarem
à porta do teu jardim
- espera por mim.


Cantarei minha canção
com violas de eternamente
que são de alma e em alma estão.
- De outro modo, não.

Maio, 1960



Cecília Meireles
In: Poesia Completa
Dispersos (1918-1964)

Um comentário:

  1. Ola. Eu sou uma estudante e estou participando de um concurso para fazer um blog sobre Cecília Meireles. Egostaria de saber se vc poderia me ajudar tanto para adiquirir pessoas para participarem do meu blog quanto para melhorá-lo. Muito obrigada!!! http://ceciliadocepoetisa.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Muito grata por seu comentário, ele é muito importante para nós!

Seja bem-vindo. Hoje é