3 de jun de 2009

Cantar Guaiado*



Também cantarei guaiado
- ai, verde terra! ai, verde mar! -
por haver buscado tanto
e ter tão pouco que amar!

Morrerei sem ter contado
- ai, verde terra! ai, verde mar! -
quantas bagas do meu pranto
ficam no mundo a rolar.

Mas em meu lábio cerrado
- ai, verde terra! ai, verde mar!-
fica o vestígio do canto,
ai, do grande canto guaiado
para quem o interpretar...


Cecília Meireles
in Mar Absoluto

(*Guaiado= Triste, lamentoso, queixoso)mms

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito grata por seu comentário, ele é muito importante para nós!

Seja bem-vindo. Hoje é